STIPED non invasive brain stimulation

Qual a missão do STIPED?

Bem-vindo ao site do STIPED!

Somos um novo projeto Europeu que pretende oferecer uma nova opção de tratamento para ti e outras crianças e adolescentes saudáveis, ​​bem como para aqueles que são afetados pela Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) ou pela Perturbação do Espectro do Autismo (PEA).

Nos próximos cinco anos, o STIPED recrutará 517 crianças e adolescentes entre os 10 e 20 anos de idade (10-18 anos no estudo PHDA e 10-20 anos no estudo PEA) de toda a Europa (incluindo Alemanha, França e Portugal).

A nova estratégia de tratamento desenvolvida no STIPED baseia-se em métodos de estimulação cerebral inovadores, eficazes e seguros usando estimulação transcraniana por corrente contínua (em inglês, tDCS), uma técnica não-invasiva que fornece ao cérebro correntes diretas de baixa amplitude. Se quiseres saber mais sobre este assunto, consulta a nossa seção de estimulação cerebral.

O STIPED também introduz um conceito completamente novo de terapia das perturbações mentais baseado na individualização do tratamento, no uso de um dispositivo de tratamento domiciliário (uma touca de elétrodos) e num serviço de telessaúde que permite o controlo remoto da segurança, das configurações de estimulação e a monitorização contínua dos sintomas clínicos. No futuro, isto poderá dar-te a oportunidade de fazer uso deste novo dispositivo e usufruir dos seus benefícios em casa, enquanto tomas o pequeno-almoço antes de ir para a escola.

Este projeto recebeu financiamento do programa de investigação e inovação Horizonte 2020 da União Europeia e envolve a colaboração científica entre 10 universidades, clínicas e empresas em toda a Europa. O projeto estende-se por um período de cinco anos até 31 de dezembro de 2021, sendo coordenado pela Universidade de Kiel (Christian-Albrechts-Universität zu Kiel), na Alemanha.

Search
Home
Menu
Top

News

A practical course in "Transcranial stimulation and neuronal oscillations" will... Read more

Social media

 STIPED on Facebook  STIPED on LinkedIn